Última hora

Última hora

Polanski aguarda extradição atrás das grades

Em leitura:

Polanski aguarda extradição atrás das grades

Tamanho do texto Aa Aa

Roman Polanski vai aguardar na prisão a decisão final sobre o processo de extradição para os Estados Unidos.
 
O ministério suíço da Justiça opõe-se à libertação do cineasta e recomenda ao tribunal que rejeite o recurso apresentado pelos advogados de Polanski.
 
Apesar de o cineasta ter uma casa na suíça e das garantias dadas pelos advogados, as autoridades judiciais helvéticas temem a fuga.
 
O porta-voz do ministro da Justiça esclarece: “Nós pensamos que existe um risco muito importante de fuga e mesmo uma libertação sob caução, não dá garantias da presença de Roman Polanski na suíça durante o processo de extradição”.
 
Roman Polanski foi detido no dia 26 de Setembro, no aeroporto de Zurique. A polícia suíça executou o mandado de busca emitido pela justiça americana e aguarda agora o pedido de extradição formal vindo dos Estados Unidos.
 
O caso que persegue Roman Polanski remonta a 1977. É acusado de ter tido relações sexuais ilegais com uma jovem de 13 anos.
 
A jovem da altura é agora uma mulher que perdoou ao cineasta e recebeu mesmo uma indemnização. Mas Polanski deixou os Estados Unidos e nunca foi julgado.  As autoridades americanas querem que compareça em tribunal.