Última hora

Última hora

Despesas exorbitantes afastam presidente do parlamento

Em leitura:

Despesas exorbitantes afastam presidente do parlamento

Tamanho do texto Aa Aa

Suspeito de estar implicado num caso de despesas exorbitantes, o presidente do parlamento irlandês apresentou a demissão.

Depois das críticas da oposição, John O’Donoghue anunciou que vai deixar o cargo na próxima semana. Será a primeira vez que tal acontece. O’Donoghue é acusado de ter gasto 90 mil euros em despesas de representação desde 2007. Entre as despesas, conta-se o aluguer de uma limusina para o trajecto entre o aeroporto de Heathrow e o centro de Londres e uma noite num palácio parisiense com um custo de mil euros. Enquanto ministro do Turismo entre 2002 e 2007, gastou um milhão de euros. O primeiro-ministro Brian Cohen, colega no partido Fianna Fail, defendeu que o presidente do parlamento deveria ter a oportunidade de se explicar perante uma comissão. À semelhança do ocorrido na Grã-Bretanha, o caso pode ter consequências na popularidade do governo de uma Irlanda bastante afectada pela crise económica global.