Última hora

Última hora

Partido suiço faz campanha xenófoba

Em leitura:

Partido suiço faz campanha xenófoba

Tamanho do texto Aa Aa

O PS francês denunciou a campanha xenófoba, desencadeada pelo partido suiço, União Democrática do Centro.

Em causa, um anúncio publicado pela UCD. Ali, os franceses que diariamente atravesssam a fronteira franco-helvética para trabalharem são considerados de “escumalha”. Uma nova linha ferroviária, a CEVA, pode multiplicar o fenómeno, como diz um dirigente da UCD “No fundo, estes anúncios traduzem bem a decisão do nosso partido, que se declarou, maioritariamente hostil à CEVA, por uma questão de custos e por uma questão de proximidade com a delinquência europeia do outro lado da fronteira. A forma, o tom utilizado parecem-me pouco inteligentes”. O presidente do município de Anemasse, a cidade de residência da maioria destes transfronteiriços, não gostou do que leu no anúncio. E disponibiliza mesmo os serviços jurídicos municipais, para agir criminalmente contra os autores: “Como presidente da câmara municipal, vou apresentar queixa. Os meus serviços jurídicos estão a estudar a forma de o fazer, porque somos dois países diferentes, com dois sistemas jurídicos diferentes. Mas a minha intenção é apresentar queixa, ao mesmo tempo, contra o partido que usa este tipo de linguagem e também contra o jornal que a publica”. O anúncio diz mesmo que deve ser impedido o acesso a Genève dos criminosos estrangeiros.