Última hora

Última hora

Detido físico associado à Al-Qaeda

Em leitura:

Detido físico associado à Al-Qaeda

Tamanho do texto Aa Aa

Um dos suspeitos de terrorismo detidos esta semana em França era investigador no CERN, o centro europeu para a Investigação Nuclear.

Os dois irmãos franceses de origem argelina detidos esta quinta-feira são suspeitos de ligações à Al-Qaeda. O centro de investigação sedeado na Suíça está actualmente envolvido numa experiência que visa reproduzir o big-bang, com a ajuda de um acelerador de partículas. O ministro francês da administração Interna afirma que o inquérito policial poderá demonstrar que graças às detenções foi possível evitar o pior. A polícia apreendeu computadores e discos rígidos na casa do investigador em Vienne no sudeste da França. O CERN fez questão de informar que o trabalho do cientista no laboratório não pode ser usado para fins militares. Segundo a imprensa francesa, o investigador de 32 anos terá sugerido à alqaida vários alvos para ataques em França embora sem planos concretos de atentado.