Última hora

Última hora

Líderes mundiais reagem à escolha de Obama

Em leitura:

Líderes mundiais reagem à escolha de Obama

Tamanho do texto Aa Aa

A decisão do Comité já foi saudada por vários líderes mundiais. A chanceler alemã, Angela Merkel, aplaude a escolha e destaca os esforços de Barack Obama para reduzir os arsenais nucleares.

“Obama apela a um mundo sem armas nucleares e esse é um objectivo que devemos tornar realidade nos próximos anos. Congratulo-me com a atribuição deste prémio, que vai encorajar o Presidente norte-americano e a todos nós” afirma. O ex-Presidente finlandês, laureado em 2008 com Nobel da Paz, salienta os esforços de Obama em prol da paz no Médio Oriente: “Penso que o Presidente Barack Obama deixou claro que defende a solução assente em dois Estados e creio que isso é encorajador.” O chefe de Governo italiano,Silvio Berlusconi, também, já reagiu. “Prestamos tributo a Obama com uma sincera ovação. A atribuição do Nobel da Paz ao Presidente norte-americano é um investimento para o futuro e de quem se espera um comportamento ecuménico em relação ao mundo.” Mas este não é um nome consensual. A escolha de Barack Obama já foi contestada por grupos políticos e religiosos em países como o Iraque e o Afeganistão.