Última hora

Última hora

Número recorde de candidaturas ao Prémio novel da Paz

Em leitura:

Número recorde de candidaturas ao Prémio novel da Paz

Número recorde de candidaturas ao Prémio novel da Paz
Tamanho do texto Aa Aa

Nunca um Prémio Nobel da Paz recebeu tantas candidaturas como as actuais 205 e sem um favorito à partida.

Esta sexta-feira, a academia sueca anuncia o sucessor de Martti Ahtisaari que nas últimas três décadas se dedicou à mediação de vários conflitos pelo mundo. O director do Instituto de Pesquisa para a Paz em Oslo evoca a importância dos processos de paz na resolução de conflitos isolados. “Entre as minhas três sugestões, destaco o trabalho que a senadora colombiana Piedad Cordoba tem feito na mediação entre o governo e os guerrilheiros das FARC”, desvenda. A candidatura de Cordoba peca, senão, pelos estreitos laços com o polémico Presidente venezuelano Hugo Chávez. A ex-refém franco-colombiana Ingrid Betancourt é outro dos nomes à eleição assim como do o primeiro-ministro do Zimbabué Morgan Tsvangirai. Da Jordânia, o príncipe Ghazi Bin Muhammad Bin Talal apresenta-se como apóstolo do diálogo entre religiões, e a médica Sima Simar como defensora dos Direitos Humanos, no Afeganistão. Esta é uma das qualidades mais privilegiada e que distingue também a activista russa Lidia Yusupova. Nesta corrida ainda há lugar para a candidatura do presidente americano Barack Obama e do homólogo francês Nicolas Sarkozy.