Última hora

Última hora

Número recorde de candidaturas ao Prémio novel da Paz

Em leitura:

Número recorde de candidaturas ao Prémio novel da Paz

Tamanho do texto Aa Aa

Nunca um Prémio Nobel da Paz recebeu tantas candidaturas como as actuais 205 e sem um favorito à partida.

Esta sexta-feira, a academia sueca anuncia o sucessor de Martti Ahtisaari que nas últimas três décadas se dedicou à mediação de vários conflitos pelo mundo. O director do Instituto de Pesquisa para a Paz em Oslo evoca a importância dos processos de paz na resolução de conflitos isolados. “Entre as minhas três sugestões, destaco o trabalho que a senadora colombiana Piedad Cordoba tem feito na mediação entre o governo e os guerrilheiros das FARC”, desvenda. A candidatura de Cordoba peca, senão, pelos estreitos laços com o polémico Presidente venezuelano Hugo Chávez. A ex-refém franco-colombiana Ingrid Betancourt é outro dos nomes à eleição assim como do o primeiro-ministro do Zimbabué Morgan Tsvangirai. Da Jordânia, o príncipe Ghazi Bin Muhammad Bin Talal apresenta-se como apóstolo do diálogo entre religiões, e a médica Sima Simar como defensora dos Direitos Humanos, no Afeganistão. Esta é uma das qualidades mais privilegiada e que distingue também a activista russa Lidia Yusupova. Nesta corrida ainda há lugar para a candidatura do presidente americano Barack Obama e do homólogo francês Nicolas Sarkozy.