Última hora

Última hora

Prémio para Obama gera surpresa

Em leitura:

Prémio para Obama gera surpresa

Tamanho do texto Aa Aa

A escolha da academia sueca provocou surpresa. Para uns, é um prémio merecido, para outros um gesto precipitado.

Um nova-iorquino lembra que “Gandhi ganhou o nobel depois de ter lutado e feito greves de fome durante anos” e por isso o prémio para Obama foi prematuro. Um norte-americano de Washigton faz uma leitura diferente e afirma que o prémio foi “uma forma de o mundo dizer à América que fez bem em eleger Barack Obama”. No Irão, um conselheiro de Ahmadinejad declarou que o prémio “deve incitar Obama a trabalhar para pôr fim à injustiça no mundo”. Nas ruas de Teerão, as reacções são de frieza. Um morador da capital afirma que “uma pessoa que apoia e coopera com o regime israelita não merece o prémio nobel da paz”. Outro residente de Teerão considera que o prémio é prematuro porque “Obama está na Casa Branca há pouco tempo e é demasiado cedo para tirar conclusões”.