Última hora

Última hora

Alemanha recordam revolução pacífica

Em leitura:

Alemanha recordam revolução pacífica

Tamanho do texto Aa Aa

A cidade de Leipzig homenageou os 70 mil cidadãos da Alemanha Oriental que há 20 anos enfrentaram opressão comunista, nas ruas da cidade.

Uma manifestação pacífica que conduziu à queda do muro de Berlim. Entre as grandes figuras do Estado alemão presentes na cerimónia, o antigo ministro dos Negócios Estrangeiros dirigiu-se ao público: “Quero aproveitar para enviar uma mensagem uma mensagem para o mundo: Liberdade e não à violência, cabe às pessoas decidirem. Esta é a mensagem de Leipzig”. O dia 9 de Outubro de 1989 ainda está na memória de muitos alemães. “O medo esteve sempre presente. Mas as pessoas estavam unidas. Com a nossa força ultrapassámos o medo. O sentimento era um pouco estranho mas todos concordámos em fazer algo, pacificamente”, recordou. Um mês depois deu-se a queda do muro de Berlim e onze meses mais tarde, a antiga RDA foi destituída dando lugar a uma Alemanha livre, em virtude do Tratado da Unificação.