Última hora

Última hora

Líbio ataca caserna militar em Milão

Em leitura:

Líbio ataca caserna militar em Milão

Tamanho do texto Aa Aa

Atentado com uma bomba artesanal contra uma caserna do exército italiano,  em Milão provoca dois feridos. O atacante de 35 anos de origem líbia que lançou um engenho à entrada das instalações militares perdeu um dos membros superiores e um militar de 23 anos que ofreu igualmente ferimentos ligeiros.
 
As primeiras investigações desmentem que o atacante tenha escrito em árabe “fora do Afeganistão”. Mas o atentado, o primeiro em Milão é visto como “um sinal forte”, embora esta caserna nada tenha a ver com o Afeganistão como explicou o vice-presidente da Câmara da cidade, Riccardo De Corato.
 
A caserna de Santa Barbara, localizada perto do estádio de futebol de San Siro, ficou ligeiramente danificada  e o local foi rapidamente isolado e securizado por várias patrulhas da polícia.
 
Segundo testemunhas o atacante gritou algumas palavras em árabe quando atirou  o engenho rudimentar e de pouca potência.
 
Com 3.250 militares no Afeganistão a Itália é o sexto pais mais importante no seio das 100. mil forças internacionais. No entanto até ao momento as motivações que terão estado na origem do atentado são ainda desconhecidas.