Última hora

Última hora

Frontex denuncia falta de cooperação turca no controlo de fronteiras

Em leitura:

Frontex denuncia falta de cooperação turca no controlo de fronteiras

Tamanho do texto Aa Aa

A agência europeia de controlo de fronteiras acusou ontem a Turquia de continuar a não colaborar com a União Europeia em matéria de imigração.

Segundo a Frontex, o número de imigrantes clandestinos provenientes do território turco que aflui às ilhas gregas aumentou em 47% só no último ano. Um fenómeno que contrasta com a diminuição da imigração ilegal que chega às costas de Itália e de Espanha. Reunidos ontem em Atenas, os responsáveis da Frontex acusam Ancara de, “continuar a fechar os olhos à situação ao recusar assinar o protocolo de readmissão de imigrantes ilegais proposto por Bruxelas”. Uma crítica que ameaça interpor-se no caminho da adesão turca à União Europeia, inflamando as relações com a Grécia. Segundo a Frontex, a fronteira marítima grega continua a ser a mais porosa da União. Cerca de 59% dos imigrantes ilegais que entram no espaço dos 27 fazem-no através das cerca de 3 mil ilhas gregas. Atenas é no entanto criticada pelas organizações humanitárias por ser o país que concede menos autorizações de residência a imigrantes. Uma situação que o novo governo socialista promete resolver nos próximos meses.