Última hora

Última hora

Autoridades visadas em vários atentados no Paquistão

Em leitura:

Autoridades visadas em vários atentados no Paquistão

Tamanho do texto Aa Aa

Quarenta mortos e várias dezenas de feridos, o balanço de mais um dia mortífero no Paquistão, marcado por vários ataques que voltaram a visar as autoridades.

Em Peshawar, no noroeste do país, o alvo foi um edifício onde residem funcionários do Governo local. O atentado bombista matou pelo menos uma criança. Islamabad diz que a maioria dos ataques da última semana, que fizeram mais de uma centena de mortos, são executados pelos talibãs e planeados no Waziristão do Sul, bastião da insurgência na fronteira com o Afeganistão. O atentado de Peshawar aconteceu poucas horas depois de um bombista suicida ter atacado uma esquadra da polícia em Kohat, também no noroeste do país. Na capital do Punjab, Lahore, os insurgentes visaram simultaneamente a sede da Agência de Investigação Federal da polícia e dois centros de treino, em três ataques nos quais morreram pelo menos 10 militantes. Pressionada pelos Estados Unidos para fazer face aos talibãs, Islamabad deve lançar em breve uma vasta ofensiva no Waziristão.