Última hora

Última hora

Forças paquistanesas preparam-se para operação anti-talibã

Em leitura:

Forças paquistanesas preparam-se para operação anti-talibã

Tamanho do texto Aa Aa

Esta iminente a ofensiva militar das forças paquistanesas contra os talibã, depois de mais um atentado que provocou a morte a 14 pessoas.

Esta manhã, um bombista suicida fez-se explodir perto de um edifício da polícia criminal, num bairro militar de Peshawar, no nordeste do país. Entre as vítimas há agentes da autoridade, mas a maioria são civis. O ataque acontece um dia depois de uma série de acções terroristas atribuidas aos talibã nas cidades de Lahore e Kohat, perto da fronteira com o Afeganistão. O chefe-maior do exército do Paquistão e membros do governo reuniram-se esta tarde, para definir uma estratégia de luta contra os talibã, que reivindicaram os ataques recentes. Meios aéreos e terrestres estão já a postos para a ofensiva na região tribal do Waziristão, bastião dos talibã. Segundo as Nações Unidas, 80 mil civis já abandonaram a província. O país sofre uma onda de violência que já tirou a vida a mais de centena e meia de pessoas nos últimos 12 dias, em diversos pontos do Paquistão. A comunidade internacional já reagiu. Barack Obama promulgou ontem a lei que permite aos Estados Unidos emprestarem 5 mil milhões de euros a Islamabad nos próximos cinco anos, para a luta contra os talibãs e a Al-Qaeda.