Última hora

Última hora

Prossegue série negra na France Telecom

Em leitura:

Prossegue série negra na France Telecom

Tamanho do texto Aa Aa

Esta quinta-feira, um engenheiro de 48 anos de idade, funcionário da France Telecom, pôs termo à vida.

Trata-se do vigésimo-quinto suicídio na empresa desde Fevereiro de 2008. O funcionário encontrava-se de baixa médica há um mês e deixou uma carta na qual se afirma decepcionado por não ter sido promovido. Um delegado sindical e colega da vítima afirma que ele lhe havia falado sobre a pressão que sentia assim como as condições de trabalho que estavam longe de serem satisfatórias. Na terça-feira, um outro funcionário da France Telecom tentou suicidar-se em Marselha. Reagindo ao acto desta quinta-feira, o presidente da empresa afirma que é essencial accionar medidas para sair desta terrível espiral. É fundamental, diz Didier Lombard, acabar com a vaga de suicídios que está a afectar a empresa. A vaga de suicídios na France Telecom gerou um debate a nível nacional. Os sindicatos exigem uma mudança de estratégia que inclui o fim dos encerramentos de sucursais, eliminação de postos de trabalho e mudanças geográficas forçadas.