Última hora

Última hora

Wilders contestado em visita a Londres para defender visões anti-islâmicas

Em leitura:

Wilders contestado em visita a Londres para defender visões anti-islâmicas

Tamanho do texto Aa Aa

O polémico deputado da extrema-direita holandesa, Geert Wilders, efectuou uma visita relâmpago à Grã-Bretanha, depois de um tribunal londrino ter levantado a interdicção de entrada no território.

Em Fevereiro, Londres tinha proibido a vinda de Wilders, denunciando as suas visões anti-islâmicas. Num anexo do Parlamento britânico, o deputado holandês disse que “estar no Reino Unido é uma vitória”, não para ele, mas “para a liberdade de expressão”. Convidado pelo eurocéptico e nacionalista Partido da Independência do Reino Unido, Wilders aproveitou a ocasião para dizer que “não tem nada contra os muçulmanos”, mas tem “um problema com a ideologia e a cultura islâmica já que”, segundo ele, “mais Islão nas sociedades livres significa menos liberdade”. A provar que o extremismo atrai visões fundamentalistas, a visita de Wilders foi vivamente contestada por algumas dezenas de muçulmanos que apelavam à “sharia”, a lei islâmica, para o Reino Unido e para o resto da Europa.