Última hora

Última hora

Irão: Altas patentes dos Guardiães da Revolução assassinados em atentado suicida

Em leitura:

Irão: Altas patentes dos Guardiães da Revolução assassinados em atentado suicida

Tamanho do texto Aa Aa

Dois membros do Estado-maior dos Guardiães da Revolução foram assassinados, este domingo num atentado suicida, segundo a televisão estatal iraniana.
 
O ataque, na província de Sistan e Baluchistão, no sudeste do país, fez ainda 20 mortos e dezenas de feridos, entre os quais líderes tribais e civis.
 
As duas altas patentes assassinadas são um general, número dois da secção terrestre deste exército ideológico do regime iraniano e o comandante dos Guardiães na província.
 
O presidente do parlamento, Ali Larijani, confirmou a morte dos oficiais, que estariam a caminho de uma reunião com chefes tribais da região.
 
É o atentado mais grave dos últimos anos contra os Guardiães da Revolução, quatro meses depois das contestadas eleições presidenciais, que deram a vitória a Mahmoud Ahmadinejad e desencadearam uma onda de violência no país.
 
A província de Sistan e Baluchistão faz fronteira com o Afeganistão e o Paquistão e é uma zona de intenso tráfico de droga e um bastião da resistência sunita.