Última hora

Última hora

100 mil paquistaneses fugiram o Vaziristão

Em leitura:

100 mil paquistaneses fugiram o Vaziristão

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 100 mil pessoas já fugiram do Vaziristão do Sul. Tentam escapar aos intensos combates que as tropas paquistanesas travam com militantes talibãs. As autoridades estimam que o número de deslocados possa chegar aos 200 mil.

A ofensiva militar começou há três dias. Desde então, os habitantes da região não param de procurar a paz nos distritos vizinhos. “Os combates continuam. Há imensos bombardeamentos de casas, mesquitas, escolas religiosas… tudo. Não temos outra hipótese excepto abandonar a região”, diz um deslocado em fuga. “Vamos à procura de um sítio seguro. Vamos para Dera Ismail Khan, talvez para Karachi ou para outro sítio qualquer.” As forças governamentais mobilizaram importantes meios terrestres e aéreos para uma zona sem lei junto ao Afeganistão, principal bastião dos talibãs aliados da Al Qaeda. Durante os raides, as autoridades desmantelaram um esconderijo de armas, com 75 quilos de explosivos. Desde o início da operação, no sábado, as tropas governamentais mataram 78 militantes islamitas e terão sofrido nove baixas.