Última hora

Última hora

Brasil promete travar onda de violência

Em leitura:

Brasil promete travar onda de violência

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de um fim de semana sangrento, o Brasil garante que a violência não ameaça a realização dos Jogos Olímpicos em 2016.

Este sábado dois grupos rivais de narcotraficantes envolveram-se num tiroteio numa favela do Rio de Janeiro. 12 pessoas morreram, entre elas dois polícias. As autoridades reconheçem o problema e prometem não poupar esforços para travar a onda de violência. 4.500 efectivos foram, entretanto, mobilizados, mas no terreno a situação continua tensa. Durante a troca de tiros, um helicóptero da polícia acabou por ser abatido. Estas imagens estão a correr o mundo, duas semanas depois do Brasil ter sido escolhido para acolher os Jogos Olímpicos de 2016.