Última hora

Última hora

EUA detêm cientista por suspeita de espionagem

Em leitura:

EUA detêm cientista por suspeita de espionagem

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia norte-americana deteve um cientista por suspeita de tentativa de espionagem.

A informação é avançada pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos. O homem de 52 anos foi contactado por um agente do FBI, “disfarçado” de espião israelita, e terá aceite uma proposta para avançar informações a troco de dinheiro. O cientista tinha acesso a documentos confidenciais, nomeadamente sobre armas nucleares. No bairro onde vivia, em Maryland, os moradores mostram-se surpreendidos. Um vizinho afirma-se “chocado e desiludido” e diz que nunca pensou ver um caso destes no bairro. Uma mulher afirma que o suspeito “era uma pessoa estranha” embora nada indicasse que “ele pudesse ser um espião”. O cientista norte-americano trabalhou em várias agências governamentais, nomeadamente no Departamento da Defesa e na NASA. Foi filmado a entregar um relatório com as respostas a uma lista de perguntas sobre satélites, sistemas de alerta e de defesa. Se for considerado culpado incorre em pena de prisão perpétua.