Última hora

Última hora

Campanha eleitoral ucrâniana começa com escândalos

Em leitura:

Campanha eleitoral ucrâniana começa com escândalos

Tamanho do texto Aa Aa

Começou envolvida em escândalos e acusações a campanha para as eleições presidenciais na Ucrânia, que se realizarão no proximo dia a 17 Janeiro.

As últimas sondagens dão a vitória ao líder do Partido das Regiões, Victor Ianukovitch, mas não na primeira volta face a um eleitorado disperso perante 30 candidatos. O campo adversário acusa-o de ter feito parte de um gang quando jovem que praticava violações colectivas. Um deputado do partido do Povo denuncia que Yanukovich acabou por ser implicado em pelo menos três casos com responsabilidades criminal. Iúlia Timochenko, que aparece em segundo lugarnas sondagens, recebe ataques idênticos, os analistas denunciam uma campanha eleitoral “suja”, que pode prejudicar a popularidade da actual primeira-ministra ucraniana. O Partido das Regiões acusou três deputados do Bloco de Iúlia Timochenko de estarem implicados num caso de pedofila e vai exigir, no parlamento, a retirada da imunidade parlamentar aos acusados.