Última hora

Última hora

Eurodeputados chumbam resoluções sobre liberdade de imprensa na Europa

Em leitura:

Eurodeputados chumbam resoluções sobre liberdade de imprensa na Europa

Tamanho do texto Aa Aa

Vitória à justa dos conservadores e de Silvio Berlusconi no debate no Parlamento Europeu sobre a liberdade de imprensa. Foram chumbadas as nove resoluções em discussão. Uma delas por três votos. Trata-se do texto da esquerda e dos liberais que denunciava a pressão exercida sobre os media pelo chefe de governo italiano.

A proposta concentrou-se na situação em Itália e nas recentes queixas apresentadas por Berlusconi contra jornais italianos e europeus que publicaram notícias sobre a sua vida sexual. Evocava-se também o conflito de interesses e o controlo de Berlusconi sobre os canais públicos e privados de televisão. Foi rejeitada também a proposta que fazia referência a José Sócrates e à supressão do jornal da TVI. No início de Outubro, cerca de 300 mil pessoas manifestaram-se em Roma pela liberdade de imprensa. Mas o voto dos eurodeputados fecha as portas a uma legislação europeia sobre pluralismo e concentração nos media. Os liberais falam de dia negro para a liberdade de imprensa.