Última hora

Em leitura:

Grupos do Facebook apelam à morte de Berlusconi


Itália

Grupos do Facebook apelam à morte de Berlusconi

Berlusconi ameaçado de morte… no Facebook. Pelo menos três grupos, no sítio de socialização em linha, apelam à morte de Silvio Berlusconi.

Estes grupos reúnem mais de 16 mil membros. E, brincadeira ou não, as autoridades italianas levam a sério a ameaça contra o presidente do conselho. “No nosso país existe a obrigatoriedade de acção penal. Eu espero que a magistratura faça o seu dever, investigando, perseguindo e encontrando todos os que encorajam o ódio e o homicídio, de um ponto de vista penal; e que defendem uma acção condenável do ponto de vista moral”, explica Angelino Alfano, ministro italiano da Justiça. A polícia poderá mesmo encerrar estes grupos do Facebook, que surgiram no final do ano passado, mas cujo número de membros aumentou consideravelmente nos últimos meses com todas as polémicas sobre a vida privada de Silvio Berlusconi.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Avião do presidente somali alvejado por rebeldes islamitas