Última hora

Última hora

Jean Sarkozy cede às acusações de nepotismo

Em leitura:

Jean Sarkozy cede às acusações de nepotismo

Tamanho do texto Aa Aa

Jean Sarkozy renunciou à candidatura à presidência do parque económico da Défense. E disse-o a todos os franceses, no telejornal da televisão pública.

O filho do presidente francês afirma não querer que a suspeição de favoritismo pese sobre si. Jean Sarkozy mantém a candidatura a administrador do EPAD mas renuncia à luta pela presidência do Estabelecimento Público de Ordenamento da Défense. Uma decisão tomada em família, como o próprio disse: “Se a questão é se falei com o Presidente. A resposta é não. Se falei com o meu pai? Sim. Ele é como todos os pais e eu sou como todos os filhos. E, naturalmente, em momentos difíceis falamos um com outro. Dei-lhe conhecimento da minha decisão. É uma decisão que tomei só e que assumo só.” Jean Sarkozy era acusado de nepotismo por ter anunciado a sua candidatura à presidência do organismo que gere o maior parque de negócios da Europa, responsável por 10% do PIB francês. Os ânimos, sobretudo à esquerda, inflamaram-se, com a candidatura do jovem vereador de 23 anos, estudante do segundo ano de Direito. E as acusações de que a França era uma república das bananas não faltaram. A primeira fase da eleição do conselho de administração da Défense realiza-se esta sexta-feira.