Última hora

Última hora

Segundo atentado em dois dias em Islamabad

Em leitura:

Segundo atentado em dois dias em Islamabad

Tamanho do texto Aa Aa

Um brigadeiro do exército paquistanês e o motorista que o conduzia morreram esta quinta-feira quando o carro em que seguiam foi alvejado por desconhecidos numa zona residencial.

Um terceiro militar ficou ferido no ataque e os atiradores desapareceram nas ruas da cidade, aparentemente sem deixar rasto. O Paquistão vive uma onda de atentados sem precedentes que se intensificou nos últimos dias na capital. Ontem, um duplo atentado suicida matou seis pessoas num campus universitário. Em quinze dias 185 pessoas morreram, vítimas na maioria de ataques suicidas ocorridos em todo o país. Os atentados intensificam-se numa altura em que as tropas governamentais prosseguem uma ofensiva iniciada no sábado contra combatentes islamitas no Waziristão do Sul, uma região tribal junto à fronteira afegã. A operação envolve um contingente de 25.000 soldados que combatem cerca de 10.000 talibãs paquistaneses, reforçados por um número indeterminado de combatentes estrangeiros.