Última hora

Última hora

Jean Sarkozy eleito administrador da Défense

Em leitura:

Jean Sarkozy eleito administrador da Défense

Tamanho do texto Aa Aa

Jean Sarkozy não renuncia às suas ambições políticas – mas deixa-as para mais tarde. O filho do presidente francês vai contentar-se, para já, com um lugar de administrador no EPAD, o Estabelecimento Público de Ordenamento da Défense. Um lugar que arrebatou, esta manhã, com 30 dos 45 votos colegiais. Mas, tal como anunciara na véspera, não vai candidatar-se à cadeira presidencial do parque de negócios.

Aos 23 anos e no segundo ano de Direito, Jean Sarkozy era acusado de nepotismo, sobretudo pela esquerda. Hoje, um participante numa nova manifestação contra Sarkozy jr. ironizava: “Viemos salvar o nosso amigo Jean. E esperamos poder levá-lo para a faculdade, para que possa terminar os estudos tranquilamente.” Outro manifestante adoptava um tom mais sério: “Estou muito satisfeito. A mobilização deu frutos. Porque na actual situação de crise, em que os jovens são so mais atingidos pelo desemprego, dar a impressão que alguns têm todos os direitos, que podem arranjar um trabalho sem terem dado provas de nada… acho que é uma má imagem para a nossa juventude.” Apesar das manchetes dos jornais, nos últimos 15 dias, os habitantes de Hauts-de-Seine, a região onde Jean Sarkozy é vereador, estimam que é apenas uma questão de tempo. “Afastou-se, é tudo. Mas vai voltar em breve, penso”, diz um jovem. Uma senhora argumenta, na mesma linha: “Penso que fez bem. Ele tem razão, ainda só tem 23 anos. Penso que deve esperar um pouco que as coisas se acalmem.” Embora não se candidate à presidência da Défense, nas eleições de 4 de Dezembro próximo, Jean Sarkozy garante que tem ambições para o maior parque de negócios da Europa, responsável por 10% do PIB francês.