Última hora

Última hora

Paquistão: Três atentados matam 23 pessoas

Em leitura:

Paquistão: Três atentados matam 23 pessoas

Tamanho do texto Aa Aa

Vinte e três pessoas morreram nos três atentados, desta sexta-feira, nas regiões tribais no noroeste do Paquistão.

O primeiro ataque suicida visou um posto de controlo junto da base aérea de Kamra, na estrada que liga Islamabade a Peshawar, onde morreram oito pessoas. No segundo ataque os rebeldes islamitas fizeram explodir um carro-bomba junto de um restaurante de Peshawar, num bairro movimentado fazendo 15 feridos. A violência tem aumentado nos últimos dias, na sequência da ofensiva militar lançada, no sábado, pelo exército paquistanês, junto do Waziristão, conhecido bastião dos talibãs. A tragédia não escolhe géneros. E no terceiro atentado do dia, pelo menos 15 pessoas que participavam num casamento morreram, quando o mini-autocarro em que seguiam foi atingido pela explosão de uma mina. O ataque ocorreu em Sorandara e vitimou na maioria mulheres e crianças. Os civis continuam a pagar o preço mais alto. O número de deslocados é de 130 mil pessoas, sendo que 50 mil fugiram só nesta última semana. Em 15 dias, o número de vitimas mortais ultrapassou as duas centenas em todo o país. O Paquistão vai continuar a apostar na neutralização dos rebeldes que diz terem ligações à Al-Qaeda.