Última hora

Última hora

Ameaça talibã no início da campanha eleitoral

Em leitura:

Ameaça talibã no início da campanha eleitoral

Tamanho do texto Aa Aa

Os Talibã apelam ao boicote no início da campanha para a segunda volta das presidenciais afegãs. Os insurgentes prometem fazer tudo para perturbar o escrutínio de 7 de Novembro.

Segundo a Comissão Eleitoral, o curto período para preparar a votação pode afectar a segurança das assembleias de voto. A realização da segunda volta só foi confirmada na terça-feira, quando o presidente Hamid Karzai cedeu finalmente à pressão ocidental e aceitou os resultados oficiais, que o obrigam a enfrentar novamente o antigo ministro dos Negócios Estrangeiros, Abdullah Abdullah. Os insurgentes já tinham ameaçado a primeira volta das presidenciais em Agosto mas, mais do que a violência, foi a multiplicação de irregularidades que marcou o voto. No entanto, a ameaça talibã influenciou a participação, sobretudo no sul do Afeganistão, e as autoridades temem que a afluência às urnas seja ainda mais baixa no próximo escrutínio.