Última hora

Última hora

Tunísia: Ben Ali favorito à vitória nas presidenciais.

Em leitura:

Tunísia: Ben Ali favorito à vitória nas presidenciais.

Tamanho do texto Aa Aa

Ben Ali é o favorito à vitória nas eleições deste domingo na Tunísia.

O presidente congratulou-se pelo bom desenrolar da campanha para as presidenciais e para as legislativas. Segundo o observatório nacional das eleições, os três principais partidos tiveram praticamente o mesmo tempo de antena na televisão. Um professor universitário afirma que está confiante na vitória de Ben Ali porque o presidente cumpriu as promessas. Para as organizações de direitos humanos o retrato é bem mais negro. A oposição está amordaçada, não há democracia, nem liberdade de expressão. Na teoria, o regime é pluralista mas na prática só há um partido. Jornalistas, membros da oposição e das ONG são permanente vigiados. Segundo um relatório de um colectivo de associações, os jornais ignoraram praticamente o candidato da oposição Ahmed Brahim. Ben Ali ocupou 97,22% das páginas reservadas ao escrutínio. Uma das estrelas da campanha foi a mulher do chefe de Estado. Leila Ben Ali apareceu várias vezes na televisão para defender as ideias do marido. “Vinte e dois passados, quando comparamos a realidade do país com as promessas que foram feitas constatamos que o presidente Ben Ali fez exactamente o contrário do que prometeu”, afirma um responsável da Federação das Ligas dos Direitos Humanos. Apesar de todas as críticas, o regime de Ben Ali mantém boas relações com o Ocidente, graças ao crescimento económico do país e à luta contra o radicalismo islâmico.