Última hora

Última hora

Atentado em Peshawar, junto à região do Waziristão

Em leitura:

Atentado em Peshawar, junto à região do Waziristão

Tamanho do texto Aa Aa

A cidade paquistanesa de Peshawar foi palco esta manhã do mais mortífero atentado bombista dos últimos dois anos no país.

Pelo menos 90 pessoas morreram depois de uma viatura armadilhada deflagrar num mercado do centro da cidade, em plena hora de ponta. A explosão destruiu dezenas de lojas no local danificando uma mesquita e provocando mais de duas centenas de feridos, muitos dos quais se encontram em estado grave. As autoridades não excluem a possibilidade do número de vítimas continuar a aumentar. O governo ordenou o encerramento de todos os mercados na cidade, como medida de segurança. Desde o início do mês que vários ataques atribuídos aos talibã paquistaneses tinham atingido instalações militares e da polícia, provocando 150 mortos. As acções são vistas como uma represália à ofensiva armada lançada pelo exército na região tribal do Waziristão há duas semanas. O exército paquistanês afirmou ter morto mais de quarenta guerrilheiros nos ultimos confrontos, num momento em que enfrenta uma nova frente de batalha no noroeste do país. Os grupos rebeldes acusam o governo de desetabilizar o país ao aliar-se à luta contra o terrorismo levada a cabo pelos Estados Unidos na região.