Última hora

Última hora

Batalha fiscal entre a Itália e a Suíça

Em leitura:

Batalha fiscal entre a Itália e a Suíça

Tamanho do texto Aa Aa

A luta contra a fuga ao fisco está a alimentar uma crise diplomática entre a Itália e a Suíça.

O governo helvético convocou hoje o embaixador italiano para condenar as buscas realizadas ontem pela polícia fiscal transalpina em 76 agências de bancos suíços. Berna considera inaceitável a atitude das autoridades italianas que limitaram os controlos fiscais à banca suíça, entre as quais a UBS que confirmou ter sido alvo de uma rusga. A responsável da direcção geral dos impostos italiana explicou hoje que, “esta é apenas a primeira fase de uma operação que deverá ser alargada a outros bancos durante as próximas semanas”. Desde Setembro, que o governo italiano reforçou os controlos sobre as transferências de dinheiro para o estrangeiro no quadro da lei de amnistia fiscal. Os contribuintes acusados de fuga fiscal têm até Dezembro para regularizar a situação, mediante uma multa de 5% dos montantes não declarados. A polícia reforçou nos últimos dias os controlos junto à fronteira suíça, depois de ter detectado mais de 4 mil milhões de euros não declarados depositados no estrangeiro.