Última hora

Última hora

Ban Ki-Moon quer reforçar segurança do pessoal da ONU depois de ataque em Cabul

Em leitura:

Ban Ki-Moon quer reforçar segurança do pessoal da ONU depois de ataque em Cabul

Tamanho do texto Aa Aa

As Nações Unidas pretendem reforçar a protecção dos seus funcionários no Afeganistão. O anúncio foi feito pelo secretário-geral da ONU numa reunião do Conselho de Segurança convocada de urgência depois do ataque em Cabul que resultou na morte de cinco trabalhadores da organização.

Ban Ki-Moon quer “explorar a viabilidade de instalar unidades de segurança suplementares para guardar as instalações da ONU” e vai “pedir à comunidade internacional para reforçar o seu apoio”. O secretário-geral das Nações Unidas admitiu recorrer também a empresas privadas. Na quarta-feira, três bombistas atacaram uma pensão da capital afegã que albergava funcionários estrangeiros da ONU, cinco dos quais perderam a vida no atentado, que fez ainda três outras vítimas mortais. Os talibãs ameaçaram reforçar os ataques até à segunda volta das eleições presidenciais, a 7 de Novembro.