Última hora

Última hora

Cimeira do Clima em Bruxelas: UE chega a acordo sem valores

Em leitura:

Cimeira do Clima em Bruxelas: UE chega a acordo sem valores

Tamanho do texto Aa Aa

Os Vinte e Sete estabeleceram uma posição de negociação comum para a cimeira do Clima em Copenhaga, mas recusam para já “abrir os cordões à bolsa”.

Em Bruxelas, os líderes europeus estimaram em 100 mil milhões de euros as ajudas necessárias aos países pobres para combater as alterações climáticas entre 2013 e 2020. O presidente da Comissão Europeia afirmou que vai dizer na terça-feira ao presidente norte-americano que a Europa “está preparada” e vai pedir “um compromisso para fazer de Copenhaga um sucesso. Não se trata de ser ingénuo ou oferecer um cheque em branco”. Durão Barroso sublinhou que a Europa “está pronta para agir, se os parceiros fizerem a sua parte”. Mas para os Verdes no Parlamento Europeu e para as ONGs ecologistas, a cimeira de Bruxelas ficou muito aquém do esperado. Como explica um representante da Greenpeace, os países europeus recusaram-se a avançar o montante que os Vinte e Sete vão disponibilizar para o esforço internacional. Ponto de sucesso na agenda de Bruxelas, o anúncio do presidente da República Checa de que não vai impôr mais condições para a ratificação do Tratado de Lisboa. Os dirigentes europeus aceitaram na quinta-feira a derrogação à Carta dos Direitos Fundamentais exigida pelo eurocéptico Vaclav Klaus.