Última hora

Última hora

Kohl, Gorbatchov e Bush reunidos em Berlim

Em leitura:

Kohl, Gorbatchov e Bush reunidos em Berlim

Tamanho do texto Aa Aa

Encontro histórico em ocasião histórica. Helmut Kohl, George Bush e Mikhail Gorbatchov estiveram reunidos numa cerimónia organizada pela Fundação Konrad Adenauer, no quadro das festividades dos 20 anos da queda do Muro de Berlim. A cerimónia decorreu no Friedrichstadtpalast, um teatro de variedades na parte leste de Berlim.

Na altura presidente dos Estados Unidos, George Bush referiu que o muro pode ter mantido os alemães “longe dos seus entes queridos e bloqueados num sistema económico falível, mas no final não conseguiu apagar as brasas da sua interminável esperança ou do seu desejo humano de liberdade.” O então presidente da União Soviética, Mikhail Gorbatchov, relembrou uma visita a Washington durante a qual lhe perguntaram que conselhos dava aos Estados Unidos para resolver os seus problemas. Gorbatchov respondeu: “não vos vou propor uma agenda, ou projectos, digo-vos apenas que a América precisa da sua própria perestroika. Lembro-me de ter dito ao meu assistente: sabes, vai haver mudanças nos Estados Unidos e agora vemos que o povo americano elegeu Obama.” Apesar do estado de saúde extremamente debilitado, Helmut Kohl não esqueceu que “a reunificação foi conseguida por todos, em paz, em liberdade, com o acordo de todos os países vizinhos. Os que escrevem actualmente nos jornais que tudo o que aconteceu era previsível, deviam escrever também que não vamos esquecer que esta possibilidade nos surgiu e que nós temos razão de estar reconhecidos e orgulhosos. A reunificação da Alemanha é a única coisa que me deixa orgulhoso.”

O Muro de Berlim: pt.euronews.net/1989-2009