Última hora

Última hora

Gripe A gera pânico na Ucrânia

Em leitura:

Gripe A gera pânico na Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

Pânico na Ucrânia depois de o governo ter anunciado medidas drásticas para combater a epidemia de gripe A.

A poucas semanas das presidenciais, o executivo decretou o fecho das escolas e a proibição de concentrações públicas durante 21 dias. As deslocações entre regiões foram submetidas a restrições. A primeira-ministra ucraniana, Julia Timochenko, afirma que a gripe A é uma “doença perigosa que ameaça a vida das pessoas” e por isso foi decretado o estado de emergência mas que é importante “não entrar ao pânico”. Na sexta-feira, as autoridades sanitárias anunciaram que 36 pessoas perderam a vida na sequência de pneumonias, mas na maioria dos casos falta confirmar se se trata do vírus H1N1. As fármacias esgotaram rapidamente máscaras e medicamentos para a gripe. Timochenko admite que as medidas do governo são muito mais severas que os riscos reais mas apelou à população para fabricar máscaras em casa.