Última hora

Última hora

Karzai diz-se pronto para concorrer sozinho à segunda volta

Em leitura:

Karzai diz-se pronto para concorrer sozinho à segunda volta

Tamanho do texto Aa Aa

Uma segunda volta com um só candidato.

A Casa Branca considera que o escrutínio é legítimo apesar da desistência do rival de Karzai. O presidente afegão está pronto a enfrentar o jugo da população no próximo sábado. O porta-voz de Hamid Karzai reconhece que Abdullah deu provas de “coragem, fez uma boa campanha e foi um bom opositor”. Mas o responsável sublinha que “o escrutínio tem que seguir em frente já que as pessoas no Afeganistão têm o direito de votar”. Mas a ideia de organizar um escrutínio com um só candidato gera desconfiança entre a população. Um residente de Cabul afirma que “a eleição perde legitimidade sem um opositor e que “o povo não vai reconhecer a legitimidade de Karzai”. Outro morador considera que “Abdullah Abdullah tem todo o direito de de renunciar à eleições porque os responsáveis pelas fraudes na primeira volta não foram julgados”. Temende eventuais violências, o ex-chefe da diplomacia afegã sublinhou que “não apela ao boicote do escrutínio” e pediu aos apoiantes para evitarem manifestações nas ruas.