Última hora

Última hora

Sucessor de Mubarak permanece uma incógnita

Em leitura:

Sucessor de Mubarak permanece uma incógnita

Tamanho do texto Aa Aa

No congresso do governante Partido Nacional Democrático, procuram-se pistas para a sucessão do presidente do Egipto.

O tema não está na agenda deste fim-de-semana, mas a especulação sobre quem poderá substituir Hosni Mubarak em 2011 foi alimentada pelo silêncio do chefe de Estado acerca de uma eventual recandidatura. No discurso de abertura, Mubarak centrou-se nas legislativas do próximo ano e sublinhou que “a mensagem do congresso é que o partido, com a sua juventude, os seus intelectuais, os seus quadros e as suas estruturas, dispõe de uma visão clara do futuro e propõe um projecto que toma em consideração as novas realidades do Egipto”. No meio político, o nome de Gamal Mubarak, filho do presidente, é apontado como o principal candidato à sucessão. Depois de 28 anos sob a mão do mesmo chefe de Estado, a oposição eleva a voz. Há duas semanas, uma coligação de opositores lançou uma campanha contra a sucessão hereditária.