Última hora

Última hora

Irão pede nova reunião

Em leitura:

Irão pede nova reunião

Tamanho do texto Aa Aa

O Irão pede uma nova reunião internacional para debater a questão do combustível nuclear.

Mas a Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA) que fez uma proposta a Teerão a 21 de Outubro, espera uma resposta rápida. “Como já sublihei várias vezes, apesar das preocupações da comunidade internacional sobre as intenções futuras do Irão, é fundamental criar um clima de confiança através do diálogo. Apelo ao Irão para responder o mais rapidamente possível à minha proposta que se baseia na iniciativa dos Estados Unidos, da Rússia e da França”, afirmou El Baradei, presidente da AIEA. O prazo para responder à proposta já passou. O Irão é acusado de querer ganhar tempo. O chefe da diplomacia iraniana pede a criação de uma comissão técnica para examinar o texto. A ideia é que o Irão envie para a Rússia o seu urânio enriquecido, a 3,5%, para que os russos o enriqueçam a 19,75%. Depois, a França transforma esse urânio em barras de combustível que são devolvidas ao Irão para serem usadas para fins de investigação. O urânio pouco enriquecido é usado em centrais nucleares civis, enquanto o urânio fortemente enriquecido permite fabricar armas nucleares. O Irão foi visado por cinco resoluções do Conselho de Segurança da ONU, três das quais resultaram em sanções. A Casa Branca já fez saber que não pretende esperar eternamente por uma resposta iraniana.