Última hora

Última hora

Novo atentado no Paquistão contra hotel de luxo em Rawalpindi

Em leitura:

Novo atentado no Paquistão contra hotel de luxo em Rawalpindi

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 34 pessoas morreram na sequência de um atentado bombista suicida, esta manhã em Rawalpindi, nos arredores da capital paquistanesa.

A acção ocorreu frente a um hotel de luxo, na chamada zona segura da cidade. O local do ataque situa-se nos arredores do quartel do exército paquistanês, visado há algumas semanas por uma tentativa de sequestro, e da sede do banco do Paquistão. Segundo as autoridades, a acção que provocou mais de trinta feridos teria sido provocada por uma viatura armadilhada estacionada frente ao hotel de quatro estrelas. A vaga de ataques no país, atribuída ao grupo dos Talibã paquistaneses, provocou mais de 190 mortos só no último mês. O clima de insegurança levou a ONU a anunciar esta manhã, a retirada das suas equipas humanitárias do noroeste do país, junto à região tribal visada por uma ofensiva do exército nas últimas semanas. A decisão foi tomada após o mais recente atentado na região ter visado um mercado em Peshawar, na quarta-feira, provocando mais de 130 mortos. Cinco funcionários do Programa Alimentar Mundial tinham sido mortos num atentado, no início de Outubro, contra a sede da organização, em Islamabad.