Última hora

Última hora

Menos popular, Obama mantém maioria do apoio do eleitorado

Em leitura:

Menos popular, Obama mantém maioria do apoio do eleitorado

Tamanho do texto Aa Aa

Um ano depois de fazer história, Barack Obama desce dos píncaros mas mantém a aprovação da maioria dos eleitores.

O presidente norte-americano seria na mesma eleito se o escrutínio fosse hoje, embora as críticas à sua actuação, ou falta dela, subam de tom. Cinquenta por cento dos eleitores estão com Obama, mas o actual presidente ainda tem três anos de mandato. “As pessoas ainda gostam do seu presidente, já que personifica a mudança, mas algumas das reformas que ele está a implementar, como a do estímulo ecónómico e do sistema de saúde, são menos populares”. No plano interno, Barack Obama quer proporcionar uma cobertura do sistema de saúde para todos, mas os americanos estão divididos entre os que querem este plano e os que o rejeitam. E a lentidão com que o processo de desenrola frustra os mais crentes. A guerra no Afeganistão e no Iraque são outros temas que dividem a sociedade. Um ano depois de promessas de retiradas dos palcos de conflito, o presdiente está a mandar mais tropas. “Para a quantidade de problemas com que se deparou, Obama está a fazer um excelente trabalho. À medida que soluciona um problema, aparece logo outro. Por isso tem imenso trabalho, apenas necessita do nosso apoio…” O próximo grande teste para Obama vai ser dentro de 12 meses, quando os eleitores forem chamados para eleger o novo congresso norte-americano.