Última hora

Última hora

Ferroviários belgas protestam contra restruturações

Em leitura:

Ferroviários belgas protestam contra restruturações

Tamanho do texto Aa Aa

Adesão esmagadora dos maquinistas belgas à greve de 24 horas convocada pelos sindicatos dos caminhos-de-ferro.

Praticamente nenhum comboio circula esta quinta-feira na Bélgica e as ligações internacionais de alta velocidade com a França, Alemanha, Holanda e Inglaterra sofrem grandes perturbações. As estações estão vazias e os poucos utilizadores que arriscaram deslocar-se deparam-se com poucas alternativas. Os trabalhadores protestam contra a restruturação do transporte de mercadorias que é actualmente afectada por grandes prejuízos e receiam a perda de 3.000 postos de trabalho. “Nós anunciámos na segunda-feira que iríamos organizar uma greve de 24 horas. Se não houver progressos ou resultados durante as negociações, seremos forçados a continuar as nossas acções até ao fim do ano”, avisou um responsável sindical. A companhia Eurostar, que assegura as ligações entre Londres e Bruxelas, vai reembolsar os passageiros afectados e aceita novas reservas sem custos adicionais.