Última hora

Última hora

Activistas fazem brecha no Muro da Cisjordânia

Em leitura:

Activistas fazem brecha no Muro da Cisjordânia

Tamanho do texto Aa Aa

Um grupo de jovens palestinianos abriu uma brecha numa secção do muro de segurança israelita construido na Cisjordânia.

Uma acção de protesto contra a ocupação de Israel, que aproveitou o assinalar dos 20 anos da queda do muro de Berlim. Os manifestantes utilizaram um macaco hidráulico para afastar a estrutura e tiveram a ajuda de alguns activistas israelitas. As forças de segurança acorreram ao local para voltar a fechar a brecha e dispersaram o grupo com granadas de gás lacrimogénio. O muro começou a ser erguido no auge da revolta palestiniana, iniciada em 2000, e já se estende ao longo de quase toda a fronteira cisjordana . Os dirigentes israelitas pretendiam evitar o intensificar de atentados suicidas e prometeram que a estrutura será demolida uma vez assinado um acordo de paz. Em 2004, a construção foi considerada ilegal pelo Tribunal Internacional de Justiça, que exigiu que o governo hebraico a desmantelasse. Uma decisão não vinculativa que nunca teve qualquer efeito.