Última hora

Última hora

Militar mata 12 soldados em base americana

Em leitura:

Militar mata 12 soldados em base americana

Tamanho do texto Aa Aa

12 pessoas morreram e 31 ficaram feridas quando um soldado abriu fogo contra os colegas, na base militar de Fort Hood, no estado norte-americano do Texas.

O tiroteio aconteceu ao início da tarde de quinta-feira. O atirador ficou ferido, mas foi hospitalizado e não corre perigo de vida. Trata-se de um comandante de 39 anos, que era psiquiatra na base. Nidal Malik Hasan deveria partir dentro de poucos dias para o Iraque ou para o Afeganistão. O exército abriu um inquérito para perceber por que razão o psiquiatra tinha armas em sua posse, visto que não necessitava delas para exercer as suas funções. O presidente Barack Obama lamentou o sucedido. “O meu coração e as minhas orações estão com os feridos e com as famílias das vítimas. Já é difícil quando perdemos os americanos corajosos em guerras no exterior. É horrível que os soldados tenham de enfrentar uma situação destas numa base militar em território americano.” Este é o pior ataque ocorrido numa base militar em solo americano. Os senadores observaram um minuto de silêncio em memória das vítimas. Fort Hood é a maior base militar americana no mundo. Criada em 1942, aí vivem cerca de 50 mil soldados. O exército norte-americano tem vindo a registar no último ano um número elevado de suicídios, aparentemente relacionados com as missões no Iraque e no Afeganistão.