Última hora

Última hora

ONU vota inquérito aos alegados crimes de Gaza

Em leitura:

ONU vota inquérito aos alegados crimes de Gaza

Tamanho do texto Aa Aa

A Assembleia Geral da ONU aprovou, por larga maioria, uma resolução que pede a Israel e às autoridades palestinianas um inquérito credível sobre os alegados crimes de guerra cometidos no conflito de Gaza, no Inverno passado.

A resolução foi aprovada com 114 votos a favor, 18 contra e 44 abstenções. Os Estados Unidos votaram contra; a Rússia, França e Grã-Bretanha abstiveram-se. Portugal votou a favor. O voto teve como base o relatório da comissão Goldstone, que acusa israelitas e palestinianos de crimes de guerra e possíveis crimes contra a Humanidade, em Dezembro de 2008 e Janeiro de 2009. Israel lançou, na altura, uma ofensiva militar contra o território da Faixa de Gaza, em resposta aos mísseis que os militantes palestinianos enviavam para o seu território. A Assembleia Geral da ONU reserva-se o direito de pedir a intervenção do Conselho de Segurança, se o inquérito não for iniciado no prazo de três meses. O relatório Goldstone recomenda um julgamento pelo Tribunal Penal Internacional de Haya se não for feito um inquérito independente e credível.