Última hora

Última hora

Tarde trágica numa base militar no Texas

Em leitura:

Tarde trágica numa base militar no Texas

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 12 pessoas morreram e 31 ficaram feridas depois de um oficial ter começado a disparar contra os colegas em Fort Hood.

As autoridades detiveram o Major Nidal Malik Hasan, um psiquiatra do exército que lidava com soldados feridos em missões no exterior. Segundo testemunhou um familiar, Hassan estava prestes a ser enviado para o Iraque e mostrava-se descontente com a ideia. “A investigação está a decorrer, mas relatórios preliminares indicam que houve um único atirador que foi atingido várias vezes no local, no entanto não morreu, como chegou a ser anunciado. Ele está detido e estabilizado”, declarou o general Bob Cone. O tiroteio fica registado como um dos piores incidentes do género ocorridos numa base militar norte-americana. A poucos metros realizava-se uma cerimónia de graduação num recinto com centenas militares. Estabelecido desde 1942, Fort Hood é um gigantesco complexo militar com capacidade para acolher 50.000 homens. Desde a Invasão do Iraque, em 2003, que a base regista o maior número de suicídios entre membros do exército norte-americano.