Última hora

Última hora

Câmara dos representantes reforma da saúde de Obama

Em leitura:

Câmara dos representantes reforma da saúde de Obama

Tamanho do texto Aa Aa

Votação histórica na Câmara dos Representantes norte-americana.

A proposta de reforma do sistema de saúde dos Estados Unidos apresentada por Barack Obama foi aprovada por uma escassa margem: 220 votos a favor, e 215 contra. O líder da maioria democrata da Câmara saudou a vitória. “A América, e o povo americano, venceram hoje. Isto foi para eles, não foi para nós. Não foi por um partido, mas pelas pessoas. Foi para assegurar que cada americano, numa frase que usamos frequentemente, tenha acesso a cuidados de saúde de qualidade”. A reforma, que vai custar o equivalente a 600 mil milhões de euros até 2019, prevê o alargamento da cobertura médica à quase totalidade da população do país. A medida, que tem ainda de ser aprovada pelo senado, também vai banir a recusa de cobertura a pessoas que tenham problemas de saúde pré-existentes. Esta é a maior mudança no sistema de saúde pública americano desde 1965 quando foi introduzido um programa de ajuda aos idosos e está e gerar protestos por parte da oposição republicana que acusa o plano de ser despesista.