Última hora

Em leitura:

Portas abertas nas mesquitas suíças


Suíça

Portas abertas nas mesquitas suíças

As mesquitas da Suíça abriram as portas, convidando o público a informar-se sobre o Islão.

Uma acção de relações públicas, a três semanas do referendo sobre a interdição dos minaretes no país. Na Suíça há cerca de 200 mesquitas mas apenas dois minaretes. Em muitos casos, os locais de oração são casas particulares, conhecidas apenas da comunidade muçulmana, que abriram as suas portas este sábado: “Isto para mim representa um passo em direcção aos outros, dizer-lhes: nós, enquanto muçulmanos, abrimos-vos as portas, estamos convosco, a nossa existência é uma realidade e queremos que essa realidade seja enriquecedora”, afirma uma mulher muçulmana. A ocasião foi aproveitada por centenas de cidadãos: “estamos todos na mesma cidade, devemos compreender-nos e conhecer-nos”. Mas a questão está a fazer polémica sobretudo desde que em Zurique foi afixado um poster com minaretes de onde saiem mísseis. De acordo com as sondagens, a proposta, apresentada por um partido de extrema-direita, que visa a interdição da construção de novos minaretes, será rejeitada.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Congresso americano aprova reforma da saúde