Última hora

Última hora

Polícia russo denuncia chefias em vídeo

Em leitura:

Polícia russo denuncia chefias em vídeo

Tamanho do texto Aa Aa

Um polícia deu “cara” às denúncias de corrupção nas forças de segurança russas. Alexei Dymovski, de 32 anos, publicou um vídeo na semana passada na internet, no qual acusa os superiores de forçarem acusações contra inocentes para cumprirem as estatísticas de crimes resolvidos.

O vídeo foi visto por um milhão de pessoas. Dymovski foi destituído mas explicou esta terça-feira em Moscovo que “espera algum tipo de reacção do [primeiro-ministro] Vladimir Putin e que acredita ter “o apoio do público”, por isso espera “mudanças nas infra-estruturas e no próprio sistema”. Várias ONGs acusam o Ministério do Interior russo de criar um sistema de promoções baseado em resultados fáceis de falsificar. O presidente do sindicato de Polícia de Moscovo diz que os agentes “são forçados a cumprir estatísticas recorrendo a pessoas inocentes e isso não se pode chamar simplesmente de corrupção. É um crime!”. Apesar do presidente Dmitri Medvedev ter feito da luta contra a corrupção uma prioridade, são recorrentes as denúncias de grupos de defesa dos direitos humanos de abusos, chantagens e torturas por parte de polícias russos.