Última hora

Última hora

Ucrânia espera agravamento da gripe

Em leitura:

Ucrânia espera agravamento da gripe

Tamanho do texto Aa Aa

A Ucrânia conta actualmente 174 mortos causados pela gripe, mas apenas 14 se devem à estirpe do H1N1. Também o número de novos casos de gripe A confirmados no país, que isolou algumas regiões, é inferior ao número total de situações registadas de gripe ou infecções respiratórias graves segundo as autoridades sanitárias.

As críticas contra o presidente Viktor Ioutchenko são muitas. A primeira-ministra Iulia Timochenko acusa-o de nada ter feito para evitar a epidemia. A Ucrânia pediu ajuda internacional para lidar com a doença. O governo solicitou à OMS o envio de 15 milhões de doses de vacinas contra o vírus. A Ucrânia espera um agravamento da situação nos próximos meses. Um grupo de manifestantes decide denunciar o aproveitamento eleitoral da situaçao por parte da classe política. Em Kiev nem o frio dissuadiou as mulheres apenas simbolicamente cobertas de máscaras. “ Temos a certeza que estão a criar o pânico para obterem mais votos. Sabemos o que se passa quando há eleições na Ucrânia, por isso este ano temos uma gripe especial para as eleições.” Do lado do actual governo parece para já fora de questão a possibilidade ser decretado o estado de emergência.