Última hora

Última hora

Desemprego britânico desacelera

Em leitura:

Desemprego britânico desacelera

Tamanho do texto Aa Aa

O desemprego no Reino Unido esteve a subir, em Outubro, ao ritmo mais baixo dos últimos 18 meses, o que faz acreditar numa recuperação do mercado de trabalho.

Isto numa altura em que o país continua a enfrentar a recessão e o primeiro-ministro Gordon Brown procura desesperadamente uma melhoria no clima económico, para contrariar as sondagens que dão vantagem aos rivais conservadores. O aumento de 12.900 pessoas a pedir subsídios de desemprego ficou muito abaixo das 20.000 previstas e das 20.600 de Setembro. Uma das razões para esta melhoria dos números é o facto de cada vez mais trabalhadores aceitarem salários mais baixos. No trimestre de Julho a Setembro, os salários e os bónus cresceram apenas 1,2%. Um sector que esteve a melhorar foi o financeiro, com várias empresas da City a abrir postos de trabalho. O crescimento do emprego no sector, em Londres, foi o maior num ano, ao subir 15%.