Última hora

Última hora

Multa máxima para petrolífera francesa Total

Em leitura:

Multa máxima para petrolífera francesa Total

Tamanho do texto Aa Aa

A confirmação das penas adoptadas na primeira instância e uma multa no valor de 375.000 euros.

Foi o que pediu a acusação, esta terça-feira, no tribunal Correccional de Paris contra a Petrolífera Total pelo naufrágio do Erika, em 1999. O grupo foi condenado no ano passado, mas recorreu da sentença. O naufrágio ocorreu a cerca de 30 quilómetros da costa francesa e provocou a maior catástrofe ambiental da história gaulesa. O navio com 25 anos de serviço tinha, segundo um relatório oficial da administração francesa, defeitos de estrutura. O derrame de 20 mil toneladas de fuelóleo poluiu 400 quilómetros de costa e matou mais de 150 mil aves.