Última hora

Última hora

Coreia do Norte ameaça Coreia do Sul

Em leitura:

Coreia do Norte ameaça Coreia do Sul

Tamanho do texto Aa Aa

O jornal oficial de Pyongyang diz que Seul vai pagar caro pela troca de tiros ocorrida na terça-feira entre embarcações das duas Coreias.

No confronto naval, ocorrido no Mar Amarelo, houve um morto e três feridos, a bordo do barco norte-coreano. O navio rival, apesar de ter sido atingido por quinze disparos, não registou vítimas, de acordo com as autoridades de Seul. O porta-voz do ministério da unificação sul-coreano declarou aos jornalistas que, apesar da ameaça, não foram notados movimentos suspeitos do país vizinho. “E, por enquanto os cidadãos que vivem na fronteira não tiveram problemas.” Ontem, a Coreia do Sul enviou dois navios de guerra para observar a disputada zona de fronteira no Mar Amarelo, onde ocorreu esta primeira troca de tiros em sete anos e oito dias antes da visita de Obama a Seul. Para a Coreia do Norte, tratou-se de uma agressão do país vizinho. Hillary Clinton já anunciou que o incidente não coloca em causa o envio do emissário Stephen Bosworth a Pyongyang para relançar as negociações sobre o programa nuclear norte-coreano.